5 de maio de 2018

Terceiro Catecismo da Doutrina Cristã - Oficial - 1919

2a. Edição Oficial
para a Arquidiocese de Porto Alegre
revista segundo o novo Código Canônico
Edição de 1919 - 308 págs



  A necessidade de um Catecismo, Irmãos e Filhos diletíssimos, que nos dê a síntese de nossa  religião, isto é, de seus dogmas, de nossas obrigações e nos ensine de modo preciso nosso  principio, nosso fim e os meios de sermos eternamente felizes, é coisa que só pode  desconhecer quem renegou toda a fé e o mesmo senso comum ao ente racional.


  O que, porém, nem todos conheciam é a necessidade de ser uniforme esse ensino; e por isso contentando-se com a verdade não se incomodavam que houvesse diversidade na exposição  dela.

  Mas é certo que, sendo as verdades as mesmas e os mesmos os preceitos de nossa religião, é  de toda a razão de conveniência que sejam as mesmas as fórmulas de os propor e o mesmo o  teor de os inculcar e explicar, para que da diversidade de exposição não nasça alguma divergência no crer ou no entender nossos mistérios.

  Com todas as véras exortamos aos pais de família que, seguindo as instruções deste Catecismo, infundam em seus filhos e familiares as verdades e máximas da religião cristã, a  observância de suas leis, a frequência de seus sacramentos e a pratica das virtudes; o que  constitui a verdadeira educação cristã, que são todos obrigados a dar às suas famílias.

  A mesma lembrança fazemos aos mestres e lhes recordamos a obrigação gravíssima que  têm eles diante de Deus de ensinar com a palavra e intimar com o exemplo essa doutrina sã  e santa, que é o tesouro de nossa felicidade na terra e no céu, ainda que as leis civis os não  obriguem, nem cogitem disso.

  Possa este livrinho, que não sem algum trabalho nem pequenos sacrifícios compilamos e  que oferecemos a nossos filhos, concorrer eficazmente para dilatar o conhecimento e amor de Nosso Senhor Jesus Cristo e o respeito e obediência à sua Igreja, reformar os costumes,  dar e perpetuar em nossa pátria da terra os bens inefáveis da paz, a união dos corações, a  nobreza do caráter e a pureza dos costumes; de maneira que ela se torne imagem viva da  pátria celeste para a qual trabalhamos e desejamos conduzir nossos filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo