9 de dezembro de 2015

Síntese da Teologia Católica Volumes I e II

Prof. da Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Volume I - A Caminho da Verdade Suprema
Livro de 1956 - 738 págs
Volume II - O Cristianismo
Livro de 1963 - 551 págs

O CONHECIMENTO HUMANO
A ALMA HUMANA
A EXISTÊNCIA DE DEUS
O PROBLEMA RELIGIOSO
A REVELAÇÃO
O MILAGRE

PREFÁCIO

Não basta conhecer o bem para praticá-lo. Conhecê-lo, contudo, é para isso condição indispensável. Vacila a vontade, quando a inteligência não ilumina o caminho. Chegada a um certo grau de madureza, principalmente se enriquecida por uma cultura superior, sente a razão humana que se deve a si mesma um estudo sério dos motivos racionais e científicos em que descansam as suas convicções.
Auxiliar neste estudo, eis a finalidade a que aspira esta Síntese da Teolocia Católica. É dirigida aos adultos e jovens esclarecidos. Há tantos crentes cultos, que uma instrução religiosa deficiente deixa expostos a todas as crises. Há tantas almas retas, em que não brilha ainda a luz da fé, mas cuja vontade sincera busca a verdade.
Nunca talvez como em nossos dias sentiram os homens uma necessidade tão urgente da verdade. Não destas verdades que a Ciência nos fornece, arrancando cada dia à natureza
novos segredos e forças espantosas. Nada mais perigoso do que a ciência em mão de uma consciência desorientada e a serviço de uma vontade esquecida do seu destino. Eis porque treme a humanidade e procura mais para o alto a verdade salvadora e a doutrina segura.
Esta verdade salvadora é a Verdade Suprema, é a Palavra de Deus. Confiou Deus a sua Palavra à Igreja por Ele fundada e acreditada entre os homens com credenciais divinas.
Antes, portanto, de expormos o ensino autorizado da Igreja, o Dogma, a Moral, a Graça e os Sacramentos, devemos reconhecer o valor destas credenciais. Isso porém nos seria impossível, sem umas verdades fundamentais, a que a teologia dá o nome de PREÂMBULOS DA FÉ, porque conduzem ao "juízo de credibilidade", i. é, à persuasão racionalmente certa do fato da Revelação divina, que toma racional a adesão certa e irrevogável do ato de fé.
São elas que constituem o CAMINHO PARA A VERDADE 8UPREMA e que vamos percorrer conduzidos pela razão.
Todas as ciências são divulgadas em manuais cada vez mais profundos e mais técnicos. Porque deveria o ensino religioso ser o único a se apresentar sempre com uma veste elementar? Por isso, visando suscitar convicções profundas acerca dos máximos problemas do homem, adotamos o método escolástico, sob a guia do Anjo da Escola, Sto. Tomás de Aquino: método e guia repetidas vezes louvados e recomendados pelo Magistério Supremo da Igreja, como ainda Ultimamente por Sua Santidade Pio XII, na sua magistral Encíclica “Humani Generis”. Não é método para leitura apressada, mas para estudo meditado. Não esmoreça porém o leitor benévolo, com as dificuldades iniciais. Bem cedo será premiada a sua perseverança com as idéias claras adquiridas, com as demonstrações tranqüilizadoras, com o esclarecimento de suas dúvidas e com uma formação mais sólida na sua inteligência.
Mas há também ressonâncias íntimas da alma sincera que ecoam na consciência. Queira a Verdade Suprema fazer vibrar estas ressonâncias em meditações recolhidas, para que a adesão intelectual às evidências seja acompanhada pelo assentimento prático da vontade, numa vida orientada para a fonte eterna de toda Verdade e de toda Felicidade.
PEDRO CERRUTI, S. J.
Rio, 24-X-54

Em sua Origem Histórica e Divina

PREFÁCIO
Decepcionados por tantos falsos “messias”, embalados por tantas promessas utópicas e tantas teorias enganadoras, despertaram os povos em sobressalto perante apocalípticas ameaças. Procuram, ansiosos e impacientes, rumos novos e reformas radicais, que devolvam a um mundo revolto a paz, o bem estar e a segurança.
Alguns, seduzidos pelas modernas e maravilhosas conquistas da ciência, “à semelhança dos construtores da torre de Babel, sonham com uma inconsistente ‘divinização do homem' apta e suficiente para todas as exigências da vida física e espiritual". (Pio XII, Mensagem de Natal de 1955). É um puro sonho. A ciência e a técnica poderão proporcionar novas e maiores comodidades, novos domínios sobre as forças da matéria. Não podem, porém, dar à vida humana seu pleno e verdadeiro sentido, nem mesmo aliviar os temores presentes, nascidos precisamente da posse destas tremendas forças.
Há uma presença, ignorada ou excluída de muitas legislações e da vida pública, como de muitas vidas particulares, que falta ao mundo: JESUS CRISTO. Somente nele, com ele e por ele pode a humanidade achar a segurança e seu destino temporal e eterno. Volte entre os homens o Homem-Deus, Rei reconhecido e obedecido. (Pio XII, ibidem).
Mas quantos juízos opostos foram formulados a respeito de Cristo! Socialistas e comunistas há, que querem ver nele um precursor, porque condenou todas as injustiças. Para não poucos filósofos e historiadores das religiões, é um moralista incomparável, o maior dos filhos dos homens, mas um simples homem do seu tempo, cujas idéias exigem agora uma revisão.
Centenas de aglomerações religiosas proclamam-se seus discípulos, mas têm da sua pessoa conceitos diferentes.
Colocado a priori o pressuposto arbitrário da impossibilidade do sobrenatural, do mistério e do milagre, as narrativas evangélicas e os outros documentos são mutilados, "solicitados" e reconstruídos, dando de Cristo e do Cristianismo tantas “variações”, tantos resíduos diversos, quantos são os sistemas e as seitas.
Tal discordância de opiniões, além das suas repercussões na outra vida, divide os homens em grupos rivais e os impede de conjugarem seus esforços para o verdadeiro progresso da humanidade. (Pinard de la Boullaye, Jésus et l'Histoire, I Conf.).
Cada vez mais prementes e de todos os quadrantes, levantam-se apelos para a união. Mas uma união eficaz só pode ser concebida no culto do verdadeiro Cristo, Messias e Filho de Deus, e na obediência total a suas leis. E o verdadeiro Cristo, como o verdadeiro Cristianismo, encontram-se com a análise objetiva das Fontes genuínas, respeitando as legítimas exigências da critica histórica, e com a verificação imparcial das garantias e credenciais divinas, que Jesus de Nazaré e sua religião nos apresentam.
É este encontro que constitui a finalidade do presente volume.
Possam suas páginas auxiliar as almas retas, tão numerosas, na sua pesquisa da verdade; possam fortalecer nos cristãos convicções inabaláveis.
Acrescente Nosso Senhor a sua graça, que penetrando as almas ilumine as inteligências e mova as vontades à prática perfeita e à difusão do genuíno Cristianismo, única solução eficaz para a crise do mundo moderno, caminho único de salvação, que Jesus Cristo, o Messias verdadeiro e o Filho de Deus, veio ensinar aos homens.

__________
OBS.: Os arquivos outrora disponibulizados pelo Obras Católicas, agora estão presentes aqui reformatados para facilitar o download e a leitura.

2 comentários:

Psem 25832 disse...

Boa noite, gostaria de alertar que o link para o primeiro volume da Síntese está quebrado. O segundo link, no entanto, funciona perfeitamente.

Alexandria Católica disse...

Salve Maria!

Link retificado,

Saudações!

Postar um comentário

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo