28 de dezembro de 2011

Leitura diária - Reformatado

Pe. Ascânio Brandão
Livro de 1936 - 416 págs


   "...Pensam muitos que Jesus, Nosso Mestre e Senhor, vive continuamente de azorrague em mão para nos castigar. E, contudo, para felicidade nossa sabemos que, enquanto não chega o dia das contas finais, Jesus está sempre a mostrar-nos o Seu Divino Coração, fonte inexorável de misericórdia e perdão. Mover homens a nutrem cada vez mais esta convicção tão rica de sentimentos de contrição e generosidade, afigura-se-me um meio caminho andando para conversão espiritual e eterna salvação.[...] Não escrevi e nem pretendo aqui vos dar meus leitores, um Tratado, um estudo  metódico da virtude da Confiança. O que aí vai é uma série de pequeninas meditações ou leituras para cada dia do ano, numa grande variedade de assuntos sobre o tema geral: A CONFIANÇA!

   - A CONFIANÇA não é uma virtude passiva. Não basta só confiar e cruzar os braços. NÃO EXISTE E NÃO PODERÁ EXISTIR, disse Leão XIII, virtude passiva. A confiança não exclui, antes, supõe o esforço, a luta, o sacrifício. A paz de Nosso Senhor se conquista na guerra. Guerra às más paixões, guerrra ao nosso EU. Condição essencial da santidade é o Amor. E o amor é o fruto e a conquista de uma vida espiritual de uma ascese forte, viril, enérgica, e toda impregnada de abnegação e de sacrifício. Que ninguém confunda esta consoladora doutrina da confiança com um SEMI QUIETISMO perigoso que parece inculcar às almas, até mesmo às pouco adiantadas, disposições de passividade que não convém realmente à todos e, pretende chegar cedo demais a SIMPLIFICAR a vida espiritual, esquecendo que para a maior parte das almas, esta simplificação só se fará utilmente, depois dos longos exercícios da meditação discursiva do exame, e da prática das virtudes morais.
  O Breviário da Confiança varia de página a página, porque variadas são as dores e amarguras desta pobre vida [...] É uma palavrinha amiga para cada dia, uma gota de bálsamo para feridas que a vida nos vai abrindo também cada dia no pobre coração..."
Pe. Ascânio Brandão




OBS.: Meus sinceros agradecimentos à leitora Monique que, generosamente fez uma contribuição para o blog, tornando assim possível que este livro fosse aqui postado e, consequentemente podendo ser muito útil à todos.

Que Nossa Senhora retribua esta sua bondade, Monique,
com muitas graças!


Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo