16 de junho de 2011

Juventude e Mocidade

Pe. Bellouard, O. P.
Transcrição do livro de 1950 

Fonte da Transcrição
    "A juventude e a mocidade que vão saindo de nossas escolas necessitam de um sentido de vida,  e só a Igreja pode e sabe dar-lho. Temos que fazer um esforço desesperado de modo a  apresentarmos a próxima geração um pouco melhor, pelo menos um pouco melhor que essa  que anda por aí. E só a mulher [...] não essa mulher sabida,  petulante, masculinizada, que enche as praias de carne exposta, as calçadas de borrões de tinta, as confeitarias de maritacas, e as repartições públicas de criaturas avoadas, enfeitadas,  quase inconscientes, ou no afã de matarem o tempo, ou na ânsia de conquistarem pecúnia  para seus balagadans, em todo o caso fugindo desabridamente das responsabilidades do lar,  das maçadas da cozinha, das mais que maçadas dos filhos.
    A mulher cristã, que sabe guardar bem guardado o tesouro da fé, [...] que sabe viver a vida recatada e composta das mulheres que se prostravam  diante de Jesus, humildes e confiantes [...]. A mulher coluna temente de Deus, último fim, razão máxima, objetivo primacial [...] Deus mártir no Filho, glorioso em Maria, crucificado todos os dias em altares por todos os homens, mas, afinal de contas, ressuscitado todos os dias nos exemplos de fé e heroísmo, nas renúncias, nas abnegações, nos cilícios, nos martírios de filhas, de noivas, de esposas e mães que trazem a noção do papel que  lhes foi distribuído para o grande drama da vida humana... que é também epopéia.
    O Padre Bellouard tem o jeitinho de falar às jovens. Conhece bem a alma feminina. Sabe onde dói a ferida. E dirige-se à donzela cristã de nossos tempos com a gravidade, mas também com a carícia de um pai que se desvela pelos  pequerruchos."
    

Meditações para todos os dias

Abade A. Bayle
Livro de 1917

Fonte
    Meditações para todos os dias do mês seguida de muitas orações  aprovadas,  recomendadas e indulgenciadas pelo Cardeal Bispo do Porto Exmo. Sr. D. Américo.

"Ó Senhora minha! Ó minha Mãe! Lembrai-Vos que sou Vossa, guardai-me, defendei-me como coisa e propriedade Vossa"

(40 dias de indulgência se disser em qualquer tentação, recorrendo à Santíssima Virgem)

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo