31 de agosto de 2011

Que este livrinho ilumine algumas almas!! - Reformatado

Seus Sinais, Consequências, Remédios
Mons. Ascânio Brandão
Livro de 1948 - 48 págs


DUAS PALAVRAS

 Ao anunciar a ruína do templo e os últimos dias do mundo, Nosso Senhor predisse: E porque abundou a iniquidade se há de resfriar a caridade de muitos. Quoniam abundavit iniquitas refrigescet caritas multorum. (Mt 24, 12).
 Parecemos chegados a estes dias sombrios. Resfria-se a caridade, o fervor de tantas almas, enquanto a iniquidade cresce assustadoramente. A tibieza é o grande flagelo. É o espinho mais doloroso do Coração de Jesus. Sobretudo a tibieza das almas consagradas a Deus, das almas outrora fiéis à graça.
  Não se presta bastante atenção à tibieza, esta mediocridade perigosa e funesta na vida espiritual. Daí tanta falsa piedade e esta ausência do verdadeiro espírito evangélico, do sentido cristão na vida de muitos devotos e devotas. O espírito de sacrifício, o senso da responsabilidade, a seriedade, a tremenda seriedade da vida cristã de que fala Bossuet, tudo isto anda aí tão esquecido, tão mal compreendido. Só almas fervorosas poderão salvar este mundo paganizado. Almas de elite. Almas de neve e corações de fogo no dizer do Pe. Mateo. Mas elas são tão raras, tão raras, meu Deus!
  Que este livrinho seja uma centelha e provoque incêndios e ilumine algumas almas.
 Eu o consagro ao Divino Coração de Jesus, fornalha ardentíssima de Amor.
  Cor Jesu, flagrans amore nostri. Inflamma cor nostrum amare tui!
  Coração de Jesus, todo abrasado de amor por nós, inflamai nosso coração nas chamas de vosso amor!                                                                                                      Mons. Ascânio Brandão


        
     "A alma caída em tibieza não pensa em se corrigir de suas faltas: e estas se multiplicando a tornam de tal sorte insensível aos remorsos, que um dia chega onde se acha perdida, sem que sequer o tenha percebido!" 
Santo Afonso Maria de Ligório
A Verdadeira Esposa de Jesus Cristo)





QUE É A TIBIEZA?

 A tibieza é uma doença espiritual e das mais graves e perigosas. É o verme roedor da piedade. Micróbio terrível! Mina o organismo espiritual, sem que o enfermo o perceba. Enfraquece a pobre alma. Amortece as energias da vontade. Inspira horror ao esforço. Afrouxa a vida crista. Espécie de languor ou torpor, diz Tanquerey, que não é ainda a morte, mas que a ela conduz sem se dar por isso, enfraquecendo gradualmente as nossas forças morais. Pode-se compará-la a estas doenças que definham, como a tísica, e consomem pouco a pouco algum dos órgãos vitais. É uma sonolência, um sistema de acomodações na vida espiritual.
  O tíbio não quer lutar. Tem horror ao combate da vida cristã. Não compreende a palavra de Nosso Senhor no Evangelho: Eu não vim trazer a paz, mas a guerra!
  Guerra ao pecado, guerra às paixões, guerra à indiferença.
  Quem não é por mim, é contra mim!
 O tíbio não compreende este radicalismo sublime do Evangelho e da cruz.
  Numa palavra o define bem o Espírito Santo: é morno. Nem frio, nem quente.
  Nem o ardor da caridade, o fogo do amor, nem o gelo da descrença e da impiedade e da morte da alma.
  A tibieza é uma inércia espiritual. Um estado lamentável da alma.
  É a mediocridade que se contenta com não ofender a Deus pelo pecado mortal, mas não quer evitar o pecado leve, fugir do relaxamento na vida espiritual[...]


Nota do blog:


     Na edição de 15 de janeiro de 1950, o Jornal Santuário de Aparecida trazia artigo assinado pelo Monsenhor Ascânio Brandão. O texto, intitulado “Estômago de Avestruz”, fazia referência à proliferação de jornais dispostos a propagar o comunismo e as práticas marxistas. Mons. Brandão também demonstrava preocupação com a falta de espaço para o catolicismo, face à abertura cada vez maior para a divulgação de seitas como o espiritismo, o protestantismo, o teosofismo, dentre outras.

29 de agosto de 2011

28 de agosto de 2011

O Caráter

Dom Tihamer Toth
Livro de 1939


   O que é caráter?   

   O que é caráter? E que queremos significar quando dizemos de alguém: eis um caráter? A palavra caráter designa a vontade humana firmemente orientada para o bem; e um jovem é um caráter, se tiver princípios nobres a orientar a sua conduta, não se afastando deles, mesmo se esta constância lhe impõe sacrifícios. Aquele que, pelo contrário, muda de princípios conforme as circunstâncias, a sociedade ou os amigos, que abandona uma maneira de proceder, reconhecida até então como boa, sob pretexto de que por ela não deve sofrer o menor desgosto, - esse tal é versátil e pouco seguro, não passa de um caráter frouxo, ou, caso mais grave, é um jovem sem caráter. Isto basta já para te mostrar em que consiste a educação do caráter. Primeiramente é preciso que possuas princípios nobres; depois, por um exercício contínuo, é preciso habituar-se a agir em todas as circunstâncias segundo esses princípios. A vida moral de um homem sem princípios é assim como uma cana agitada pelo vento. Este homem procede hoje de uma maneira e amanhã de outra. A primeira necessidade é, pois, formar a força de que temos necessidade para seguir sem tropeçar o caminho que reconhecemos bom.

25 de agosto de 2011

Pe. Ascânio Brandão
Livro de 1941 - 34 págs


Evitemos a falsa humildade; aquela em que se humilha para receber elogios!

"Há os que se irritam com a humilhação, os que a sofrem e os que a aceitam. Os primeiros são culpados, os segundos escapam do pecado, os últimos se santificam!"
São Bernardo

A Raiz da Santidade - Reformatado

Pe. Ascânio Brandão
Livro de 1941 - 34 págs


Evitemos a falsa humildade; aquela em que se humilha para receber elogios!

"Há os que se irritam com a humilhação, os que a sofrem e os que a aceitam. Os primeiros são culpados, os segundos escapam do pecado, os últimos se santificam!"
São Bernardo

24 de agosto de 2011

HARPA DE SIÃO - Harmônico ou Órgão - Reformatado

para uma ou duas vozes
COM ACOMPANHAMENTO DO HARMONIO
Organizada pelo Pe. João Baptista Lehmann
Sacerdote da Congregação do Verbo Divino
Livro de 1962 - 200 págs

para uma ou mais vozes
COM ACOMPANHAMENTO DO HARMÔNIO OU DO ÓRGÃO 
Organizada pelo Pe. João Baptista Lehmann
Sacerdote da Congregação do Verbo Divino

Livro de 1961 - 302 págs



Divisão deste livro

Advento
Natal
Nome de Jesus
Quaresma
Páscoa
Pentecostes
SS. Sacramento
Para antes da S. Comunhão
Para depois da S. Comunhão
Sagrado Coração de Jesus
Maria Santíssima
Santos Anjos - Te Deum Laudamos - Responsórios
Domine ad Adjuvandum
Mês de Maria e outras solenidades

23 de agosto de 2011

Tudo por Jesus

Pe. Frederick William Faber
Livro de 1957(?) - 428 págs


Fonte


ÍNDICE
Prefácio
Prefácio da segunda edição
Prefácio da quarta edição
Notícia sobre a Confraria do Pequeno Sangue

CAPÍTULO I
OS INTERESSES DE JESUS

22 de agosto de 2011

22 de Agosto - Nossa Senhora Rainha

Seleção e Adaptação por Leo Daniele - 59 páginas



"Deus Pai ajuntou todas as águas e denominou-as Mar;
reuniu todas as Suas Graças e chamou-as MARIA"

"Nossa Senhora impede seus devotos de soçobrar no mar agitado deste mundo, onde tantas pessoas naufragam por não se firmarem nesta âncora inabalável. Foi a Ela que os Santos mais se agarraram e prenderam os outros, com o fito de perseverar na virtude. Felizes, mil vezes felizes os cristãos que agora se apegam fiel e inteiramente a Ela, como a uma âncora firme"

Primeira Parte
Quem é Nossa Senhora

Segunda Parte
Quem somos nós

Terceira Parte
A Rainha e o Campônio

Quarta Parte
Um Maravilhoso Caminho

Quinta Parte
Nossa Senhora e o Futuro

20 de agosto de 2011

Para o Moço ler antes do Noivado - Reformatado

Para o Moço ler antes do Noivado
Pe. Geraldo Pires de Sousa C.Ss.R.
Livro de 1959 - 155 págs


       O homem entrou sozinho no mundo e olhou-o como rei silencioso. Para ter um semelhante com quem pudesse conversar, amar e louvar ao Criador, foi formada a mulher. Com ela teria de dividir as glórias de seu reino e a exuberância da vida de que dispunha. — Nesse estilo o nesse gênero encontrará o leitor belíssimas páginas, - ora amenas, ora repletas de responsabilidade, ora de rasgos admiráveis num verdadeiro poema de respeitosa admiração à mais bela criação de Deus, neste mundo: a mulher.

19 de agosto de 2011

Cinco atitudes éticas fundamentais - Reformatado

Atitudes Éticas Fundamentais
Dietrich von Hildebrand
Livro de 1988 - 50 págs.

   Eis aqui um comentário em profundidade sobre cinco atitudes éticas fundamentais:
* o  respeito,
* a fidelidade, 
* o senso de responsabilidade, 
* a veracidade e
* a bondade

17 de agosto de 2011

Patrono de los párrocos

1786-1859
Francis Trochu
Libro 1996 - 672 págs

Sacerdote diocesano, miembro de la Tercera Orden Franciscana, que tuvo que superar incontables dificultades para llegar a ordenarse de presbítero. Su celo por las almas, sus catequesis y su ministerio en el confesonario transformaron el publecillo de Ars, que a su vez se convirtió en centro de frecuentes peregrinaciones de multitudes que buscaban al Santo Cura. Es patrono de los párrocos. 















     Así se ha realizado lo que él decía en una memorable catequesis matinal: «¡Dios mío, cómo me pesa el tiempo con los pecadores! ¿Cuándo estaré con los santos? Entonces diremos al buen Dios: Dios mío, te veo y te tengo, ya no te escaparás de mí jamás, jamás».

16 de agosto de 2011

Esse homem nos compreende

Mons. Tihámer Tóth
Livro de 1938 - 274 págs











OS  DOIS  LAGOS 
Quando eu era jovem estudante, ia muitas vezes passear à beira dum lago na montanha. Os raios do sol dançavam-lhe alegremente no espelho cristalino. A sua onda pura deixava perceber a vida buliçosa dos seres que lhe povoam o fundo de cascalho. Alegres peixinhos nadavam aqui e acolá, mal podendo conter a sua alegria ao contato dos cálidos raios do sol.

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo