29 de abril de 2011

Ensaio sobre a Maçonaria

Orientação para os Católicos
Frei Boaventura Kloppenburg, O.F.M.
Livro de 1956


   O que adiante oferecemos, é apenas um ensaio sobre a Maçonaria tal como ela presentemente  se encontra e atua no Brasil. Não espere, pois, o leitor uma exposição sobre a Maçonaria em geral;  nem mesmo lhe prometemos dissertar sobre a história da Maçonaria no Brasil. Queremos  apenas conhecer mais ampla, profunda e exatamente os princípios e os fins desta vasta  organização secreta, estendida atualmente por todo o território nacional, [...] ocupando geralmente cargos ou postos de importância na vida social, comercial, bancária, militar e mesmo política das nossas cidades do interior e que estão também largamente representados entre os que hoje dirigem os destinos do Brasil.
   Sabem os católicos que a Igreja condenou a Maçonaria e lhes proibiu a iniciação nos "mistérios maçônicos" [...] a Maçonaria continua apresentando-se como sociedade inofensiva e puramente filantrópica, respeitadora de todas as religiões e, de modo particular, da religião católica e, portanto, como injustamente perseguida e condenada pela Igreja. [...] Nestas condições muitos homens já não têm nem tempo nem cuidado para verificar a verdade das razões alegadas pela Igreja contra a Maçonaria ou para controlar a sinceridade dos motivos apregoados pela propaganda maçônica. Acontece assim que continuam, muitas vezes por mera rotina ou conveniência social, a considerar-se bons católicos e a procurar ao mesmo tempo as vantagens oferecidas pelos Filhos da Viúva. Senhores de conhecimentos apenas muito superficiais e sumários da doutrina católica e dos princípios maçônicos, não percebem sequer as  incompatibilidades profundas e radicais que desta maneira entraram em sua vida. Apenas no dia em que o vigário lhes negar algum sacramento ou qualquer outro direito que lhes competiria como católicos, eles sentirão, revoltados, o choque e o impasse. [...] A estes atribulados e iludidos católicos-maçons diremos uma palavra de conforto e esperança no fim do presente ensaio.
   Dirige-se este livrinho, portanto, em primeiro lugar, aos homens católicos que ainda não se afiliaram à sociedade dos maçons, mas que estão sendo assediados e aliciados pelos seus propagandistas: queremos chamar sua atenção para certos aspectos silenciados por esta propaganda e, também, para o abismo de incompatibilidade em que estão para precipitar-se. Se, não obstante, resolverem fazer-se maçons, usem e abusem da liberdade que o Criador lhes deu: —  liberdade, desgraçadamente, também para pecar e mesmo para revoltar-se contra Deus e Sua Santa Igreja. Recordar-lhes-emos apenas estas palavras de Jesus: "Se teu irmão cometer falta contra ti, vai e reprende-o entre ti e ele só. Se te der ouvido, terás lucrado teu irmão; mas se não te der ouvido, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que, pelo depoimento de duas ou três testemunhas, fique tudo apurado. Se, porém, nem ouvir a esses, vai dizê-lo à igreja; se não ouvir à igreja, tem-no em conta de pagão e publicano" (Mt 18, 15-17).

28 de abril de 2011

Folheto Júnior

Para Crianças
Chapelle Notre Dame de la
Medaille Miraculeuse


      Imprima, dobre, leia, conheça e use tão difundida medalha.

  Nossa Senhora prometeu abundantes graças aos que a portarem  com fé e devoção. 



Ó Maria concebida sem pecado,
  Rogai por nós que recorremos à Vós!

26 de abril de 2011

Una Vida de Cristo para el Mundo Moderno

Fulton J. Sheen



  • 01. La Infinitud de lo Pequeño
  • 02. Pastores y Magos
  • 03. El Artesano de Nazaret
  • 04. La Guerra con la Tentación
  • 05. El Camino, la Verdad y la Vida
  • 06. La Luz del Mundo
  • 07. El Rey de los Corazones
  • 08. El Constructor de Puentes de Dios
  • 09. Intimidades Divinas
  • 10. Profundidades de la Sencillez
  • 11 . Tahúres en el Calvario
  • 12. Las Cruces del Amor y del Odio
  • 13. La Cruz y el Crucifijo
  • 14. Los Siete Dolores de María
          Profecía de Simeón
          La Huida a Egipto
          La Pérdida de tres días
          María encuentra a Jesús cargando la Cruz
          La Crucifixión
          El Descendimiento de la Cruz
          El Entierro de Jesús

  • 15. La Vida Eterna

25 de abril de 2011

Trechos de Vida e Experiências Pessoais

Mons. Francisco Olgiati
Livro de 1942


   "Muitos Sacerdotes que, no Oratório ou nas Associações, consagram à juventude todas as suas energias no sacrifício silencioso e heróico no trabalho cotidiano e indefeso, asseguram-me que é necessário agitar este problema da pureza, base de todo o movimento juvenil, e à palavra boa,  à promessa de uma oração gentil, estes "artistas de almas jovens" ajuntaram o conselho precioso de retoques, modificações e aperfeiçoamento.
  A história de companheiros impressionou a muitas consciências jovens, através da sinceridade das narrativas, viram, muitas vezes, o retrato da própria vida e deram generosamente o brado de protesto.
   Possam essas páginas  lembrar sempre  a todos que Jesus Cristo deve ser sempre o fundamento de toda ação católica, a Eucaristia o "Alfa e o Ômega" de todo o nosso movimento, a Pureza, as asas fortes e a condição indispensável a um jovem cristão."

23 de abril de 2011

para uso das Escolas Cristãs

por São João Batista de La Salle

Fonte
    É surpreendente que a maioria dos cristãos considere a cortesia e a civilidade apenas como qualidade puramente humana e mundana, e ao não pensarem em elevar mais alto seu  espírito, não a considerem como virtude que tem relacionamento com Deus, com o próximo e  consigo mesmo. 
   Contudo é somente este espírito que deve animar todas as ações para torná-las santas e  agradáveis a Deus [...] não há nenhuma de vossas ações que não deva ser  santa, também não há nenhuma que não deva ser feita por motivos puramente cristãos. 
   É o que os pais e as mães estão obrigados a tomar em consideração na educação de seus filhos,  e é ao que os educadores e educadoras, encarregados da instrução das crianças, devem prestar uma atenção especial.  Ao lhes darem as regras de cortesia, NUNCA devem esquecer de  lhes ensinar que é preciso pô-las em prática somente por motivos puramente cristãos e que se  referem à glória de Deus e à salvação. Bem longe de dizer às crianças, que dirigem, que se não fizerem tal coisa, serão censuradas; que não se terá estima por elas; que serão levadas a  ridículo; coisas todas que somente servem para lhes inspirar espírito do mundo e para as afastar do espírito do Evangelho.   
    A Cortesia e a Civilidade não consistem propriamente apenas em práticas de modéstia e de respeito para com o próximo e como a modéstia se manifesta de maneira particular na atitude  e no respeito para com o próximo, nas ações ordinárias que se praticam quase diariamente em  presença dos outros, por isso decidiu-se tratar neste Livro de duas coisas em separado:

1º - Da modéstia que deve aparecer no porte e na atitude das diferentes partes do corpo.

2º - Dos sinais exteriores de respeito ou de afeto especial que se devem manifestar nas  diferentes ações da vida a todas as pessoas em presença das quais se realizam e com quem se  possa ter relações normais.

21 de abril de 2011

Santo Padre Pio

segundo Padre Pio


     "Ó Eterno, ó Imortal, descei até nós para sofrer um martírio inaudito, a morte infame sobre a cruz no meio dos insultos, de impropérios e ignomínias, a fim de salvar a criatura que o ultrajou e continua a atolar-se na lama do pecado.

20 de abril de 2011

Para Adultos

Um Exame de Consciência


Na coluna
à esquerda do blog
     
   Acredito num Salvador que me ama, que perdoa os meus pecados e que me dá a graça de me tornar santo. Jesus Cristo, através do ministério dos Seus sacerdotes, faz ambas as coisas no Sacramento da Penitência.

17 de abril de 2011

Frei Boaventura

Fonte

90 anos por Cristo em sua Igreja
José Alfredo Schierholt

   Frei Boaventura sempre procurou servir a Igreja como ela quer ser servida, com amor, fidelidade e zelo pela verdade. Hoje ele sente seu corpo alquebrado, mas a mente permanece ativa. Para este prefácio, em 2 de setembro último, nos abriu a alma para dizer: “atualmente estou meio moribundo. Como Deus quiser.
    Espero que esta obra seja um enriquecimento para a historiografia da Igreja no Brasil e na América Latina, e que a sua leitura proporcione aos leitores um estímulo para a vivência da fé católica.

"A duração total de nossa vida é de 70 anos,
E, se somos mais robustos, de 80 anos:
E a maior parte deles, trabalho e sofrimento."
Sl 89, 10-11

15 de abril de 2011

Excelente livro para ser meditado durante a Semana Santa

Pe. Júlio Maria, C.Ss.R.
Transcrito do livro de 1937

Que ele possa ser fruto de grande proveito para os leitores e, lembrando à todos que:

"O doente não se cura sem o remédio,
O pecador não se regenera sem a confissão"














13 de abril de 2011

O Catecismo dos Primeiros Cristãos


     
   "Didaqué é um manual de religião ou, melhor dizendo, uma espécie de catecismo dos primeiros cristãos. Esse documento nos permite conhecer as origens do cristianismo, e principalmente nos dá uma idéia de como eram a iniciação cristã, as celebrações, a organização e a vida das primeiras comunidades [...] Sobretudo, mostra que o cristianismo não é devoção individualista, mas um caminho comunitário em que todos os setores da vida e do comportamento devem ser penetrados pela Palavra de Deus e pela oração [...] Escrita principalmente para os pagãos (nações), ela ainda salienta que o cristianismo não é uma redoma onde a comunidade se refugia, mas um fermento que se expande para transformar toda a sociedade."

11 de abril de 2011

El Joven y Cristo

Ao efetuar cualquier descarga,
Ajude este Apostolado contribuindo com cualquier valor,
NUESTRA SEÑORA te bendiga!

El Joven y Cristo
Mons. Tihamér Tóth



  "Si miras día tras día los ojos del Niño Jesús, las fuerzas desordenadas que te agitaban se posarán  de un modo armonioso; si escuchas las palabras de Cristo, Maestro, el pecado perderá sus  alicientes y la tentación su fuerza, y si contemplas el rostro del Cristo paciente, el dolor perderá su amargura y se habrá quebrantado la rigidez abrumadora de los desengaños que la vida tiene preparados también para ti."

 "¡Señor, Jesucristo, Salvador divino! Que eres ya hace casi dos mil años el Sol esplendoroso de  millones y millones de hombres, sé también guía en la vida, apoyo en la tentación, fuerza en la lucha por el bien de los lectores de este libro: de los jóvenes que luchan, que tropiezan, que caen;  pero que tienen buena voluntad y te quieren con alma y vida."

7 de abril de 2011

A Mãe de Santa Teresa do Menino Jesus - Reformatado

Irmã Genoveva da Santa Face e Irmã de Santa Teresa
Edição de 1065 - 174 págs

1831-1877

 "Nesta compilação especialmente consagrada à minha Mãe classificarei para maior clareza, em diversos títulos, minhas próprias recordações e as dos arquivos de família. O alcance restrito de uma brochura não permite inserir-lhe a correspondência assas volumosa de nossa Mãe (cerca de duzentos cartas já publicadas). Citarei porém trechos que revelarão melhor do que qualquer interpretação, sua personalidade tão rica! Além disso, recorrerei largamente às cartas de sua irmã e confidente íntima, Visitandina em Mans, como também as de Maria, minha irmã mais velha, que viveu a seu lado os dois últimos anos de sua vida.
  Ao empregar a palavra "santa" referindo-me a minha Mãe, no decurso destas memórias, ou citá-la em testemunhos de outrem, é minha intenção dar a essa expressão um caráter absolutamente privado.
  E já de início, relevo como frontispício desses testemunhos, o traço característico de nossa Mãe sobre o qual minhas irmãs se apoiaram nos Processos de beatificação e de canonização da Serva de Deus Teresa do Menino Jesus. Elas atestam que:
 "Nossa Mãe era a abnegação personificada. Dotada de grande coragem, caráter extraordinariamente enérgico, coração muito sensível e generoso, sempre orientado para Deus em Quem depositava heróica confiança".
IRMÃ GENOVEVA DA SANTA FACE E DE SANTA TERESA,
O. C. D.

Carmelo de Lisieux, 2 de janeiro de 1954


Notícia Biográfica sobre
Irmã Francisca Teresa
(Lêonia Martin)

 1863 - 1941
Irmã Francisca Teresa - 52 anos
  Por 16 meses se debateu entre a vida e a morte. Suas irmãs Maria, Paulina, Celina e Teresa (Santa Teresinha do Menino Jesus) entram para o Carmelo... Esta última no dia da sua Profissão Perpétua faz a seguinte oração ao Senhor: “Meu Deus, fazei que seja Vossa Vontade que Leônia se torne Visitandina. E se ela não tem vocação, eu Vos peço que lha deis. Vós não podeis recusar-me isto!”. Dois anos antes de sua morte, ainda lhe escreve : “ ....no céu rezarei por ti, esteja certa de que não te esquecerei”... e a Maria faz esta confidência: “... após a minha morte farei com que Leônia entre na Visitação e lá ela permanecerá”. 

  "Por muito tempo perguntava-me porque é que Nosso Senhor tinha preferências, porque que nem todas as almas recebiam igual medida de graças; admirava-me ao vê-Lo prodigalizar favores extraordinários a grandes pecadores como Santo Agostinho, Sta. Madalena e a tantos outros que Ele forçava, por assim dizer, a receber as Suas graças. Admirava-me ainda ao ler a vida dos Santos ver Nosso Senhor  acariciar, deste o berço até o túmulo certas almas privilegiadas sem deixar em seu caminho obstáculo algum  que as impedisse de se elevarem até Ele não permitindo jamais ao pecado manchar o brilho imaculado de sua veste batismal.
  
  Jesus dignou-se revelar-me esse mistério. Ele colocou diante de meus olhos o livro da natureza e compreendi que todas as flores criadas por Ele são belas, que o brilho da rosa e a brancura do lírio  não tiram o perfume da viletinha, não diminuem em nada a simplicidade encantadora da margarida.

  Quis criar os grandes santos que podem ser comparados aos lírios e às rosas; mas criou também outras, mais pequenas e estas devem contentar-se com ser margaridas ou violetas, destinadas a deleitar os olhares de Deus quando as curva aos Seus pés. A perfeição consiste em fazer a Sua vontade, em ser o que Ele quer que sejamos..." 
Santa Teresinha do Menino Jesus


Apêndices
Alguns detalhes Topográficos


Buissonnets

*A casa da Rua São Brás
*O Jardim
*Novas Construções
*Lugares da Sepultura de Minha Mãe
*Técnica do Ponto de Alençon
*Nomes e datas dos filhos do
Sr. Martin e da Sra. Martin
*In Memoriam
*Orações


Buissonnets

6 de abril de 2011

¿Por qué y para qué estas memorias?

San Juan Bosco

Fonte

"¿Por qué y para qué estas memorias?
Muchas veces me pidieron que escribiera las memorias del Oratorio de San Francisco de Sales. Aunque no podía negarme a la autoridad de quien me lo aconsejaba, sin embargo, no me resolví a ocuparme decididamente de ello porque debía hablar de mí mismo demasiado a menudo.
Mas ahora se añade el mandato de una persona de suma autoridad, mandato que no me es dado eludir, y, en consecuencia, me decido a exponer detalles confidenciales que pueden dar luz o ser de alguna utilidad para percatarse de la finalidad que la divina providencia se dignó asignar a la Sociedad de San Francisco de Sales. Quede claro que escribo únicamente para mis queridísimos hijos salesianos, con prohibición de dar publicidad a estas cosas, lo mismo antes que después de mi muerte.
¿Para qué servirá, pues, este trabajo?
Servirá de norma para superar las dificultades futuras, aprendiendo lecciones del pasado. Servirá para dar a conocer cómo el mismo Dios condujo todas las cosas en cada momento.
Servirá de ameno entretenimiento para mis hijos cuando lean las andanzas en que anduvo metido su padre. Y lo leerán con mayor gusto cuando, llamados por Dios a rendir cuenta de mis actos, ya no esté yo entre ellos. Compadecedme, si encontráis hechos expuestos con demasiada complacencia y quizá aparente vanidad. Se trata de un padre que goza contando sus cosas a sus hijos queridos, mientras ellos, a su vez, se gozarán al saber las aventuras del que tanto les amó y tanto se afanó trabajando por su provecho espiritual y material en lo poco y en lo mucho. Presento estas memorias divididas por décadas, o períodos de diez años, porque en cada una de ellas tuvo lugar un notable y sensible desarrollo de nuestra institución. Hijos míos, cuando después demi muerte, leáis estas memorias, acordaos de que tuvisteis un padre cariñoso, que os las dejó antes de morir en prenda de su cariño paternal. Al recordarme, rogad a Dios por el descanso eterno de mi alma."

5 de abril de 2011

Modelo de Santidade

Os Pastorinhos de Nossa Senhora



Modelo de Santidade para todos nós colocado aqui à disposição dos padres, das famílias e dos educadores. Eficaz instrumento de catequese.

Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.


Agradeço a generosidade da amiga que me enviou este arquivo para divulgá-lo.
Que Nossa Senhora de Fátima a cubra com Seu Manto Sagrado e a todos que estima.

3 de abril de 2011

Edición Completa

Ao efetuar cualquier descarga,
Ajude Este Apostolado contribuindo com cualquier valor,
NUESTRA SEÑORA te bendiga!

Obras de San Francisco de Sales
Enriquecida con muchos Documentos Inéditos
Libros de 1898 e 1899




"La edición completa, auténtica y definitiva de las Obras de San Francisco de Sales, Doctor de la Iglesia es uno de los sucesos faustos y grandiosos que han acaecido en el presente siglo, y donde más claramente se echan de ver los designios admirables de la divina sabiduria en pro de la salut y perfección espiritual de las almas cristianas."

Qualquer quantia tem grande valor

http://alexandriacatolica.blogspot.com.br/2015/12/qualquer-quantia-tem-grande-valor.html

O SANTO DE AUSCHWITZ

Assim dizia São Maximiliano Kolbe:

"De muito boa vontade oferecemos leituras gratuitas a todos aqueles que não possam oferecer nada para esta obra, mesmo privando-se um pouco."

O que é ser um Benfeitor do Blog?

O que é ser um Benfeitor do Blog?
Clique na Imagem

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo

Agradeço aos amigos virtuais pelo selo